FOLKFARO - Folclore Internacional Cidade de Faro


Go to content

Grupos

Edições Anteriores > 2013

ALBÂNIA

A Albânia é um pequeno país montanhoso da península Balcânica, no sudeste da Europa. Situada na borda oriental da península Balcânica, ocupa uma superfície de 28 748 km², fazendo fronteira com Montenegro, Kosovo, Macedônia e Grécia. É limitada ao sul e oeste pelo Mar Adriático, do outro lado do qual se encontra a Itália. A língua oficial é o albanês. A Albânia é um dos países mais pobres da Europa, sendo cerca de metade dos seus habitantes camponeses que praticam uma agricultura de subsistência. O país tem uma indústria pouco desenvolvida, e na Albânia inteira existem aproximante120 mil automóveis.
A Albânia fez parte do Império Otomano por mais de 400 anos. Conquistou a sua independência em 1912. O seu nome em albanês é Shqipëria, que significa A Terra da Águia. A Albânia foi uma república popular de inspiração comunista desde a Segunda Guerra Mundial até 1992. Todavia, rompeu relações com a ex-União Soviética em 1961, e aliou-se à China. O rompimento com a União Soviética separou a Albânia dos contatos com a maioria dos outros países, pois poucos visitantes estrangeiros tinham permissão de entrar no país. Em 1991, a República Socialista foi dissolvida e a República da Albânia foi estabelecida.
A Albânia é hoje uma democracia parlamentar com uma economia em transição. Na capital da Albânia, Tirana, residem 421.286 dos 2.831.741 habitantes do país. As reformas de livre mercado abriram o país ao investimento estrangeiro, especialmente no desenvolvimento das infraestruturas de energia e transporte. Albânia foi escolhida em 2011 como o destino número 1 na lista da Lonely Planet dos dez principais países a visitar.

Albania Folk Dance

O grupo Albania Folk Dance foi criado em 2003, em Tirana, capital da Albânia. O objetivo do conjunto é apresentar e executar da melhor forma a riqueza etno-folclórica de todas as regiões da Albânia e transmitir essa herança às próximas gerações. O grupo tem atualmente um total de cerca de 40 membros.

O nível artístico deste conjunto folclórico é já muito alto devido ao constante enriquecimento artístico dos seus elementos ao longo destes 10 anos de experiência. Embora sejam todos artistas amadores, têm tido formação específica nas melhores escolas artísticas do país. Os participantes são cantores, dançarinos e músicos de folclore que tocam ao vivo com os instrumentos tradicionais albaneses e executam coro polifónico.

O Albania Folk Dance tem participado em vários festivais, conquistando diversas distinções, medalhas e prémios. Os primeiros concertos e atuações no estrangeiro ocorreram em 2003, na Espanha e na Itália (Calábria). Nos anos seguintes participou em festivais nos seguintes países: Macedónia, Croácia, Rússia, Turquia e França.

ILHAS CANÁRIAS

As Ilhas Canárias são um arquipélago espanhol no Oceano Atlântico, ao largo de Marrocos, constituindo uma Região Autónoma da Espanha. O arquipélago das Canárias é constituído por sete ilhas principais, divididas em duas províncias, e várias pequenas ilhas e ilhéus costeiros. A área é de 7 447 km² (décima-terceira Comunidade espanhola em área) e a população de quase 2 000 000, correspondendo à oitava região mais populosa de Espanha. Para além dos vizinhos continentais, as Canárias são também o território mais próximo do arquipélago da Madeira. Capitais: Santa Cruz de Tenerife e Las Palmas de Gran Canária.

Asociación Cultural Chaveña (Tenerife)

A Asociación Cultural Chaveña chega-nos da localidade de San Miguel de Abona, situada na ilha de Tenerife. Iniciou-se em 1984, e constitui-se como associação cultural em 2001. Em 2005, apresentaram o seu primeiro trabalho discográfico, intitulado "Nuestras Raíces".

Durante vários anos, o grupo representou o Município de San Miguel de Abona na Oferenda Folclórica-Floral à Virgem de Candelaria, patrona das Canárias, por ocasião das suas festividades. Tem participado em recriações de costumes do passado, assim como em diversos festivais de folclore, encontros de "vilancicos", desfiles de trajes tradicionais, bailes de magos, missa canária, festas e romarias. Destacam-se ainda as participações nos festivais "FEST COSTA SAN MIGUEL" e "CANARIAS FOLK FEST ARONA 2012-2013"

No seu repertório o grupo inclui temas de todas as Ilhas da província. O seu vestuário é composto por indumentárias campesinas do século XIX e princípios do século XX, e trajes tradicionais do siglo XVIII das diferentes comarcas da Ilha de Tenerife.


EGITO

O Egito é um dos países mais populosos de África. A grande maioria da população, estimada em mais de 84 milhões de habitantes, vive nas margens do rio Nilo, praticamente a única área não desértica do país, com cerca de 40 000 km2.

As grandes regiões do deserto do Saara, que constituem a maior parte do território do Egito, são pouco habitadas. Cerca de metade da população egípcia vive nos centros urbanos, em especial no Cairo, em Alexandria e nas outras grandes cidades do Delta do Nilo, de maior densidade demográfica.

O país é conhecido pela sua antiga civilização e por alguns dos monumentos mais famosos do mundo, como as pirâmides de Gizé e a Grande Esfinge. A sul, a cidade de Luxor abriga diversos sítios antigos, como o templo de Karnak e o vale dos Reis. O Egito é reconhecido como um país política e culturalmente importante do Médio Oriente e do Norte de África.

AUC Egyptian Folklore Group

Entre muitos outros grupos culturais, este grupo egípcio de folclore e música é um dos principais projetos do Departamento de Programas Culturais da American University no Cairo. O grupo da capital egípcia tem participado em vários Festivais de Folclore internacionais, incluindo muitos festivais CIOFF por todo o mundo, nos últimos 30 anos.

No ano de 2005, o grupo participou do Festival Karagoz de Ouro em Bursa, na Turquia, e deslumbrou o público com as suas danças apaixonantes, trajes e música. No ano seguinte, participou em dois festivais internacionais em Sevilha e Cadiz, do Sul da Espanha. Em 2008, o grupo da AUC recebeu um generoso convite do Beskidy Highlanders Festival, tendo a oportunidade de atuar em cinco cidades do sul da Polónia.

Em 2010, o grupo participou no Festival de Gannat e noutros festivais de França, e no ano seguinte em três dos principais festivais folclore do norte de Espanha, recebendo diversos prémios e louvores. Em 2012, participou num festival de folclore na Croácia.

O Egito está a atravessar tempos turbulentos em termos sociais e culturais, sentindo o grupo que é em momentos como este que se torna imperioso espalhar mensagens de paz e tolerância através da dança, da música e das artes em geral.


ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Os Estados Unidos da América são uma república constitucional federal composta por cinquenta estados e um distrito federal. São uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas do mundo, produto da forte imigração vinda de muitos países. A sua geografia e clima são também extremamente diversificados, com desertos, planícies, florestas e montanhas que abrigam uma grande variedade de espécies.

Os paleoindígenas que migraram da Ásia há quinze mil anos, habitam o que é hoje o território dos Estados Unidos até os dias atuais. Esta população nativa foi muito reduzida após o contato com os europeus devido a doenças e guerras. Os Estados Unidos foram fundados pelas colónias do Império Britânico localizadas ao longo da sua costa atlântica. Em 4 de julho de 1776, foi emitida a sua Declaração de Independência.

Os conflitos entre o sul agrário e o norte industrializado do país provocaram a Guerra de Secessão, que decorreu entre 1861 e 1865. A vitória do Norte impediu a separação e levou ao fim da escravatura nos Estados Unidos. No final do século XIX, a sua economia tornou-se a maior do mundo. A nação emergiu da Segunda Guerra Mundial como o primeiro país com armas nucleares e como membro permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas. O fim da Guerra Fria e a dissolução da União Soviética deixaram-no como a única superpotência restante.

Os Estados Unidos são um país desenvolvido e formam a maior economia do mundo, alimentada pela abundância de recursos naturais, por infraestruturas bem desenvolvidas e pela alta produtividade. Os Estados Unidos respondem por 39% dos gastos militares do planeta e são um forte líder económico, político e cultural a nível mundial.

American Rhythm

"American Rhythm" é um grupo de folclore composto por jovens, oriundo do coração das Rocky Mountains, n o estado norte-americano de Idaho. O seu repertório apresenta o "Clogging" americano, uma espécie de sapateado que resulta de um cruzamento das influências levadas pelos imigrantes europeus, com as percussões dos escravos africanos e as danças dos nativos americanos, com raízes principalmente na região das Montanhas do sul dos Apalaches. O que antes era uma exibição individual de improvisação tornou-se um movimento nacional e internacional, com o seu crescimento a incorporar elementos da step-dancing irlandês e canadiano, jazz e hip hop. Atualmente é um dos mais divertidos e emocionantes géneros de dança da América.

O repertório do grupo respeita as suas raízes culturais e procura também agradar e entreter. Entre os 24 bailarinos de elite encontram-se alguns dos melhores "cloggers" do país, sendo alguns deles campeões em diversas categorias. O treino dos bailarinos inclui as danças folclóricas regionais e nacionais com o objetivo de apresentar uma visão histórica global dos diversos estilos de dança tradicional dos Estados Unidos. O repertório varia entre o Hula e o Charleston, passando pelo Hoe Down e o Hip Hop, Southern Waltz to Lindy Swing, bem como as inúmeras formas de "clogging". A sua banda musical bluegrass é composta por alunos universitários e acompanha a maioria das suas danças.

O grupo é dirigido por Gary Larsen, professor de dança da Brigham Young University-Idaho, e conceituado coreógrafo reconhecido a nível nacional e internacional.

Em 2011, foi o grupo anfitrião do Festival Internacional CIOFF de Idaho e, no ano seguinte, representou os EUA no Festival de Rouergue, em França.

Energia contagiante, forte empatia com o público e elevado nível técnico são os garndes atributos do American Rhythm, a representar os EUA pela primeira vez no FolkFaro!


ÍNDIA

A República da Índia é o segundo país mais povoado do mundo e o seu território é o sétimo do mundo em extensão. Ocupa, juntamente com o Paquistão e o Bangladesh, o chamado subcontinente Indiano, no sul da Ásia.

Durante séculos, uma grande quantidade de raças invadiu e povoou aquele subcontinente. Anexada pela Companhia Britânica das Índias Orientais no início do século XVIII, e colonizada pelo Império Britânico a partir de meados do século XIX, a Índia tornou-se uma nação independente em 1947, após uma luta social pela independência que foi marcada pela extensão da resistência não-violenta liderada por Mahatma Gandhi.

A Índia é uma república, composta por 28 estados e sete territórios da união, com um sistema de democracia parlamentar. O país é a décima maior economia do mundo em Produto Interno Bruto, sendo que as reformas económicas feitas desde 1991 transformaram o país numa das economias de mais rápido crescimento do mundo. No entanto, a Índia ainda sofre com altos níveis de pobreza e analfabetismo, doenças e desnutrição. É uma sociedade pluralista, multilíngue e multiétnica. A Índia é também o lar de uma grande diversidade de animais selvagens e de habitats protegidos.

Kalanjay Dance Academy

A Academia de Dança Kalanjay existe há onze anos, liderada pela Profª Vaishali Sagar. Com cerca de 700 alunos, esta Academia é especializada no ensino das danças folclóricas indianas. Os exames anuais feitos pelos seus alunos são reconhecidos oficialmente pelo Governo através da reconhecida Academia Sur Jhankar. Juntamente com as danças folclóricas, os alunos também aprendem danças ocidentais, danças pop e fusão. A Academia Kalanjay teve seu primeiro espetáculo chamado "All About Us", em 2006, e segundo em 2008 chamado "And the Award Goes To…".

Em julho de 2008, Kalankay representou a Índia num festival internacional organizado pela UNESCO, na Itália e também num festival na Áustria. A Academia Kalanjay foi a única escola de dança a receber uma ovação de pé no festival.

A Academia Kalanjay já participou em mais de 100 competições de dança folclórica indiana, classificando-se por diversas vezes entre os três primeiros lugares. Além disso, a Academia Kalanjay já participou em festivais internacionais de folclore na Alemanha, na Turquia e na Grécia. Foi na Grécia que, em 2010, se cruzou com o Grupo Folclórico de Faro, surgindo então a perspetiva de participação no FolkFaro.

Nesta Academia, os alunos também são treinados para ser coreógrafos. A Profª Vaishali Sagar tem efetuado coreografias para variados estilos musicais, incluindo uma coreografia de inspiração folclórica para Bollywood - a indústria de cinema indiano que mais filmes produz em todo o mundo!


PORTO RICO

Porto Rico é um território sem personalidade jurídica dos Estados Unidos, localizado na parte oriental do mar das Caraíbas, a leste da República Dominicana, com perto de 4 milhões de habitantes.

É composto por um arquipélago, que inclui a ilha principal de Porto Rico e uma série de ilhas mais pequenas. A ilha principal de Porto Rico é a menor em área terrestre e a menor em população entre as quatro Grandes Antilhas, que incluem Cuba, Hispaniola e a Jamaica. A capital de Porto Rico é San Juan, com 420.000 habitantes.

Tem duas línguas oficiais, inglês e espanhol, esta última predominante. A situação a independência da ilha face aos E.U.A. tem sido um assunto de grande debate local.

O Porto Rico tem uma das economias mais dinâmicas e diversificadas da América Latina. Em meados do século XX, a economia porto-riquenha estava dominado pela agricultura, especialmente o cultivo da cana-de-açúcar. No entanto, grandes investimentos em infraestruturas e extensos programas de incentivo conseguiram transformá-la consideravelmente. Desde os anos 60, têm vindo a estabelecer-se na ilha numerosas empresas multinacionais das indústrias farmacêutica, eletrónica, têxtil, petroquímica, e, mais recentemente, de biotecnologia.

Brumas de Borikén

O Ballet Folklórico Brumas de Borikén é uma associação dedicada à promoção do folclore e da cultura de Porto Rico.

Fundado em 2004, com o nome Brumas del Torito, é credenciado pelo Instituto de Folclore do Governo de Porto Rico e está estabelecido em Cayey, localidade situada numa região montanhosa de Porto Rico. Tem como objetivo fornecer uma experiência cultural que convide o povo a educar-se sobre a sua própria história, a fim de manter as suas tradições e passar esse legado para as gerações futuras.

O Porto Rico, apesar de ser uma pequena ilha, tem um folclore bastante diversificado. São exemplos: "La Estampa del Campo" (bailes e canções das montanhas), "Las Plenas" (danças da zona costeira), "La Bomba" (famoso baile de herança africana) ou o "Baile de Salón" (descendente das polka e paso doble europeus).

O Ballet Folklórico Brumas de Borikén já viajou por diversos países da América e da Europa, destacando-se as suas participações nos festivais de Drummondville (Canadá), Confolens (França) e Folkmoot (E.U.A).

A música e a dança de Porto Rico são conhecidas pelo seu ritmo, sabor e cor. Emoções e personalidades são expressas através da dança. Através de pesquisa e criatividade, os dançarinos tentam deixar uma recordação única e autêntica da história do folclore porto-riquenho. Lema do grupo: "um povo que conhece a sua cultura, compreende o seu presente e caminha em direção ao futuro".


Sub-Menu:


Back to content | Back to main menu